Curso de Engenharia de Software da UFG recebe nota cinco do MEC

Curso de Engenharia de Software da UFG recebe nota cinco do MEC

Avaliada em diversos quesitos, a graduação é a segunda do Instituto de Informática a receber nota máxima

O curso de Engenharia de Software da Universidade Federal de Goiás (UFG) recebeu nota máxima na avaliação do Ministério da Educação (MEC). Ligada ao Instituto de Informática (INF), a graduação foi a única da área a receber nota 5 no Brasil, considerando as Diretrizes da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes).

A avaliação considerou documentação, relatos, atas de reuniões e aspectos como pastas de docentes, publicações e experiências. Pelo menos 20 estudantes participaram do processo avaliativo que contemplou ainda dimensões como organização didático-pedagógica; corpo docente e tutorial; além de infraestrutura.

Criada em 2008, recebeu a primeira turma em 2009 e foi a primeira graduação na área do país. Segundo o coordenador do curso, Edmundo Spoto, o reconhecimento ocorre em um contexto em que há uma grande demanda na sociedade por softwares e uma indústria de alta empregabilidade no setor. “Apesar disso, ainda são poucas oportunidades no país para formação do principal profissional que produz software: o engenheiro de software”, avalia.

Instituto de Informática
O Instituto de Informática possui três cursos com reconhecimento nacional. A graduação em Sistemas de Informação foi reconhecido em março de 2014 com nota 4, além de ter 4 estrelas no guia do estudante da Editora Abril (veja aqui). Assim como a Engenharia de Software, recebeu a sua 1a. turma em 2009. A graduação em Ciências da Computação, por sua vez, possui nota máxima no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) e Conceito Preliminar de Curso (CPC). Nesta última avaliação, está entre os sete cursos de todo o país a conquistar o máximo de pontos. O bacharelado, que também foi pioneiro em Goiás, recebeu cinco estrelas no Guia do Estudante da Editora Abril.